Como Montar uma Fábrica de Hóstias

Como Montar uma Fábrica de Hóstias

 

 

A hóstia foi o modo mais simplificado e significativo que se encontrou para consagrar o pão nas cerimônias religiosas.

Fabrica-las então é uma técnica que se utiliza para que possam suprir a demanda e facilitar o processo.

Antigamente elas eram fabricadas somente em mosteiros e artesanalmente.

Com o progresso e as regras da atualidade facilitou o processo de fabricação utilizando métodos automatizados e rápidos.

Elas são fabricadas de acordo com os tamanhos pré estabelecidos e as organizações religiosas.

O produto então sai do setor de fabricação e daí só após o processo de consagração emitido por religiosos é que se torna sagrado.

Necessita de projetos- Clique aqui ou ligue 35.3721.8484 ou WhatsApp 35.99704.7091

 

Dentro da História de origem da hóstia de acordo com historiadores e estudiosos sobre o assunto temos diversas formas até chegar ao que conhecemos hoje.

Foi introduzida através do Cristianismo e é utilizada nas cerimônias católicas como simbolismos ao sacrifício de cristo juntamente com o vinho simbolizando o sangue derramado na cruz.

Entretanto essa película fina, redonda e com impressões religiosas é feita com farinha de trigo e água sem adição de fermento.

Após muitos anos em que somente a igreja ou instituições religiosas podiam fabricar o produto teve uma mudança através do papa que permitiu que sua fabricação fosse feita por pessoas comuns.

 

Necessita de projetos- Clique aqui ou ligue 35.3721.8484 ou WhatsApp 35.99704.7091

 

Elas têm tamanhos diferenciados entre as oferecidas aos féis e as destinadas aos padres.

Devem ser consagradas dentro do ato religioso e não podem ser descartadas após isso caso haja sobras.

Entretanto mesmo sendo liberada sua fabricação as hóstias passam a ser fabricadas até os dias de hoje por muitas instituições ligadas às igrejas e comunidades religiosas só que dentro do processo industrial.

Dentro desse processo como toda fábrica ou indústrias alguns tramites legais deve ser seguidos independente do produto produzido como:

  • Legalização da empresa junto aos órgãos fiscalizadores de fabricação;
  • Alvará de funcionamento;
  • Projeto aprovado por Bombeiros e órgãos oficiais para funcionamento;
  • Utilização de normas técnicas de fabricação de produtos;

 

A estrutura física da fábrica poderá variar de acordo com a produção diária, sendo necessárias áreas delimitadas e organizadas dentro do processo organizacional de fabricação.

O quadro de funcionários deverá seguir uma ordem de funcionamento e treinamento para utilização dos equipamentos.

Avaliando sempre as habilidades e o modo operacional seguindo as técnicas de fabricação.

Algumas fábricas trabalham com sistema de automação onde é avaliado a produtividade e os custos.

O investimento é variável e poderá ser de acordo com a produção pretendida, utilização de equipamentos e colocação no mercado.

Para isso um Estudo Financeiro de Viabilidade Econômica ou Estudo de Mercado é favorável para que o empreendimento não sofra com possíveis erros cometidos por desconhecimento ou falha do empreendedor.

A colocação do produto no mercado dependerá de relacionamentos com convenções religiosas, divulgação do produto e qualidade na fabricação.

 

Necessita de projetos- Clique aqui ou ligue 35.3721.8484 ou WhatsApp 35.99704.7091

 

 

Exemplo de Fábrica para Fabricação de Hóstia

 

  1. Recepção de Matéria Prima;
  2. Depósito de Matéria Prima;
  3. Sala de Fabricação;
  4. Depósito de Produtos Acabados;
  5. Expedição;
  6. Escritório;
  7. Vestiários  e
  8. Refeitório.