Como Montar uma Fábrica de Whey Protein

Como Montar uma Fábrica de Whey Protein

 

WheyProtein, um mix protéico geralmente em pó, podendo ser também na forma de barrinhas, capsulas, líquido, gel e flocos.

A denominação vem do inglês e significa “proteína do soro de leite” utilizada como suplemento alimentar por muitos usuários para aumento de massa muscular, a massa magra e diminuir o risco de algumas doenças.

A proteína é extraída no processo de fabricação do queijo.

 

Para saber mais clique aqui ou ligue 35.3721.8484 ou WhatsApp 35.99704.7091

 

 

É composta de proteínas globulares isoladas a partir do soro de leite, sendo 20% soro de leite e 80% caseínas, misturadas geralmente a uma mistura de betalactoglobulina (65%), alfalactoalbumina (25%), albumina do soro bovino (8%) e imunoglobulinas.

Existem três principais formas de WheyProtein.

Concentrados: Com produtos que possuem 29% e 89% de proteínas em sua composição e o restante composto por gordura e lactose.

Isolados: Wheyprotein mais “puro”, com mais proteína e menos gordura e lactose. Esse tipo tem mais de 90% de proteína.

Hidrolisados: São os melhores produtos, com a maior taxa de proteínas por volume. São obtidos a partir de um processo químico onde as proteínas são pré-digeridas e facilitam o metabolismo com absorção mais rápida no organismo.

A melhor forma de uso é com indicação de um profissional da saúde como nutricionista e acompanhamento de um especialista, pois cada organismo reage de uma forma diferente.

Para saber mais clique aqui ou ligue 35.3721.8484 ou WhatsApp 35.99704.7091

 

O suplemento não age por si só, é preciso fazer reeducação alimentar e atividade física regular para que o suplemento aja de forma correta.

 

O consumo mais comum do WheyProtein é Pós Treino em forma de shake, misturando o pó em água.

Geralmente após uma atividade de força.

Os treinos de musculação fazem micro lesões nos músculos que depois do exercício, o musculo ira recompor as suas fibras tentando ficar mais forte para uma próxima agressão, é nessa recomposição que o organismo precisa de aminoácido de absorção rápida, pois as proteínas aceleram o metabolismo.

O wheyProtein é classificado por muitos usuários como o melhor suplemento proteico e seu uso não está limitado à atletas, mas também para pessoas que querem uma vida mais saudável, porém é mais comum o consumo de pessoas que frequentam academias.

Suas vantagens estão na rápida absorção e praticidade, diferente de outras fontes de proteína como a carne, ovos e leite, o Wheyprotein pode ser levado para qualquer lugar e sua grande porcentagem de valor proteico.

Na proteína Whey não contem uma quantidade de gorduras geralmente encontrada em outros suplementos.

A whey é a que tem maior valor biológico, isso significa que é a proteína que o organismo melhor digere, por isso muito famosa para pessoas que querem obter melhor performance corporal.

Também é utilizada para controlar a fome e os níveis de açúcares no sangue.

 

Para saber mais clique aqui ou ligue 35.3721.8484 ou WhatsApp 35.99704.7091

 

Existem basicamente três processos de fabricação

Íon Exchange (troca iônica): a carga elétrica dos componentes é utilizada para fazer a separação. No processo é utilizado ácido clorídrico e hidróxido de sódio fazendo com que a proteína se ligue a esses reagentes, ocorrendo à separação é o processo mais barato e alguns aminoácidos se desnaturam e a proteína fica com qualidade menor.

Microfiltração: o processo de separação que utiliza membranas e possui poros no tamanho entre 0,1 a 10µm (micrometro)

Ultrafiltrarão: Também utiliza o processo de separação por membranas, porém os poros são no tamanho de 250 nanômetros (4 vezes menor que na micro filtração).

 

Para saber mais clique aqui ou ligue 35.3721.8484 ou WhatsApp 35.99704.7091

 

Exemplo de Fábrica de Suplementos Alimentares e Complementos Alimentares  e Whey Protein

1.    Recepção de matéria-prima;

2.    Estocagem de matéria-prima;

3.    Estocagem de embalagens;

4.    Sala de máquinas (ar condicionado);

5.    Controle de matéria-prima;

6.    Controle de embalagens;

7.    Produção;

8.    Esterilização;

9.    Embalagem;

10. Controle de produção;

11. Embalagem secundária;

12. Controle de produtos embalados;

13. Depósito de produtos embalados;

14. Expedição;

15. Administração;

16. Refeitório;

17. Vestiário;

18. Laboratórios e

19. Cozinha.