ComoIniciar! Fone 35.3721.8484

Como Montar uma Nova Empresa

Como Montar Fábrica de Marmitas de Isopor

Clique abaixo para saber mais sobre Fábrica de Marmitas de Isopor

Planta Baixa de Fábrica de Marmitex de Isopor

Projeto de Fábrica de Embalagens de Alumínio (Marmitex)

Como Montar Distribuidora de Marmitex

O uso de servir refeições em marmitas de uso tem crescido muito nos últimos tempos.
A falta de tempo entre o trabalho e a residência, o deslocamento, transporte e outros fatores, fazem com que grande maioria de pessoas compre suas refeições embaladas nesse tipo de material.
Hoje já existem formulações bem menos nocivas ao ambiente e a natureza em sua composição.
Uma característica curiosa desse material é que ele pode entrar em contato com produtos alimentícios que não libera nenhuma substância que possa alterar sabor, cor ou umidade do alimento.

Para a montagem de uma fábrica de Marmitas ou peças de isopor o ideal é que o local seja amplo e arejado.
A aquisição de matéria prima adequada, equipamentos de expansão das micro pérolas que são as bolinhas de isopor, que irão aumentar de tamanho dando a origem às marmitas.
Esse processo deverá passar pelas seguintes etapas:

Matéria Prima = Bolinhas;
Processo de Expansão = aumento de tamanho;
Encaminhamento para o Silo para descanso;
Injeção em moldes adequados no formato da peça;
Fundição das peças.
A matéria prima que são micro bolinhas passa pelo processo de expansão aumentando de tamanho significativamente em 50% o tamanho, quando está expandida vai para um silo que é um local destinado para o tempo correto de descanso para que entre em contato com um molde de acordo com a fabricação das peças, com a injeção de ar comprimido, gerando a peça passada pelo vapor d’água dando a fundição completa das micro bolinhas, finalizando assim o processo de fabricação.

Antigamente o isopor era feito com a adição do gás CFC, hoje nocivo por entrar em contato com a camada de ozônio. Não se usa mais esse processo na sua fabricação.

É inodoro tem boa durabilidade e não cria bolor.

É totalmente higiênico.

O formato poderá ser quadrado, redondo, com tampas de encaixe perfeito.
Os tamanhos podem variar e também poderão possuir divisões.
Existe o formato bandeja já com tampa de encaixe.
A fábrica também poderá diversificar fabricando outras embalagens como:

Caixas Térmicas;
Copos e outros utensílios de uso diário;
Balde de Gelo;
Porta mamadeiras;
Porta garrafas de cerveja e copos entre outros.
Um aspecto importante é que o isopor não suporta altas temperaturas e nem produtos químicos corrosivos, nesse caso ele sofre a ação e se desmancha.

Outro item favorável é a leveza que o material proporciona as embalagens.
O número de funcionários irá depender do tamanho do empreendimento e da produção pretendida.

É importante que o empreendedor nessa área esteja consciente do impacto no meio ambiente com seu empreendimento.

Utilize materiais sem adição de gás CFC e passe por constante controle de qualidade dentro da fabricação.

Muito na nossa natureza foi degradada e atingida pela adição do gás e hoje o cuidado tem se tornado permanente para que isso não aconteça.

Além disso o isopor pode ser reutilizado, reciclado e reaproveitado.

Basta implantar uma política de educação, respeito em toda a fábrica e estabelecer limites.


Exemplo de Fábrica para Produção de Embalagens de Isopor com Capacidade de Produção de 100 unidades por dia

Recepção de matéria-prima;
Estocagem de matéria-prima;
Fabricação;
Estocagem de produtos acabados;
Escritórios;
Refeitórios e
Vestiários

 

Para saber mais ligue para 35.3721.8484

 

Como Montar Fábrica de Marmitas de Isopor

 

 

Plantas e Layouts relacionados com Fábrica de Marmitas de Isopor

Clique abaixo para saber mais sobre Fábrica de Marmitas de Isopor

Fábrica de Marmitex de Isopor

Fábrica de Embalagens de Alumínio (Marmitex)

Distribuidora de Marmitex

 


   

Fale Conosco
Entre em contato conosco para informaçoes, para uma consulta ou para adquirir um projeto que não conste na lista acima.