Como Montar Curtume de Couro de Peixe

PROJETOS PARA CURTUME DE COURO DE PEIXE
PLANTA BAIXA | ESTUDOS DE VIABILIDADE

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627


 

Como Montar Curtume de Couro de Peixe

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627

Projeto de Curtume de Couro de Peixe


Como Montar Curtume de Couro de Peixe

CLIQUE AQUI para saber mais sobre este Projeto e Planta Baixa

 

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627

 

O couro de peixe pode ser obtido a partir do curtimento do produto em processos químicos que dará a possibilidade de transformação da pele em couro.

O material poderá ser aproveitado para elaboração de:

• Bolsas;
• Carteiras;
• Sapatos;
• Bijuterias;
• Estojos e outros objetos.

É um material bem resistente, pode se tornar macio, elástico e flexível.

O curtimento é feito por equipamentos.

É essencial que elimine componentes da pele de peixe que possam prejudicar a resistência e durabilidade do produto.

Isso é feito em etapas desde a obtenção da matéria prima até o acabamento final do produto.

O processo de transformação da pele de peixe em couro faz com que o peixe possa ser utilizado de todas as formas gerando trabalho e renda as comunidades pesqueiras e dando margens ao aparecimento de novas técnicas artesanais e aproveitamento na indústria de forma geral.

A produção deverá obedecer a regras especificas para o trabalho com esse material, tratamento de resíduos gerados a partir dessa atividade e laboratório de criação de peças.

A instalação da empresa deverá ser em local escolhido antecipadamente com estrutura que possa acomodar maquinários e trabalhadores.

Deverá possuir instalações elétricas e hidráulicas de acordo e manter o setor higienizado periodicamente com base nas normas fiscalizadoras.

No processo de tratamento da pele, as escamas também podem ser reaproveitadas se transformando em lindas peças artesanais de bijuterias e acessórios.

As escamas também são utilizadas para confecção de:

• Colares;
• Pulseiras;
• Chaveiros;
• Flores;
• Bijuterias em geral;
• Bolsas e chapéu.

Esses projetos devem ser instituídos em comunidades ribeirinhas, utilizando também peixes de lagos, rios e mares.

A pesca é uma atividade comum e econômica de muitas comunidades daí a necessidade de criação de um departamento de aproveitamento de pele de peixe iniciou com a fabricação e curtimento dessas peles tornando-as consumidas de formas variadas em objetos diferenciados.

Muitas intuições do estado, prefeituras e governo federal dão incentivos e promovem cursos e projetos para os interessados em aproveitamento da pele do peixe.

Criando a perspectiva de novos rumos na vida de muitas famílias que vivem especificamente desse tipo de comércio.

Além disso, a diminuição do impacto ambiental com o descarte da pele também tem sido diminuindo e elementos como o risco de contaminação, mau cheiro e aumento de insetos e roedores nos lixões também está controlado de melhor forma desde que foram iniciadas as produções de utilização da pele do peixe.

É importante que o empreendedor faça cursos, leia mais e possa tirar proveito de forma integral ao elemento que utiliza para beneficio próprio e para venda.

Estes cursos podem levar informações preciosas quanto ao:

• Reaproveitamento;
• Técnicas de utilização;
• Capacitação de pessoas;
• Criação de peças;
• Confecção de utensílios e
• Conscientização ambiental.

O couro do peixe pode ser tingido em diversas colorações atingindo o ideal que a empresa deseja para elaboração dos produtos.

Podem ser envernizados dando o acabamento diferenciado.

Além disso, a empresa deverá utilizar de etiquetas especificando o tipo de material, técnicas de conservação e cuidados específicos.

Dentre os peixes mais utilizados para obtenção do couro estão:

• Tilápia;
• Linguado;
• Robalo;
• Pescado e outras muitas espécies.

Exemplo de Fábrica para Produção de Couro de Peixe Natural com Capacidade de Produção de 100 kg por dia.

1. Recepção dos couros;
2. Remolho;
3. Depilação;
4. Descarne;
5. Classificação;
6. Divisão;
7. Desencalagem;
8. Purga;
9. Desengraxe;
10. Pré-curtimento para wet white (para atanado);
11. Curtimento wet blue (para cromo);
12. Planta de Curtimento;
13. Curtimento vegetal;
14. Classificação;
15. Rebaixe;
16. Recurtimento;
17. Tingimento;
18. Engraxe;
19. Estiramento;
20. Secagem;
21. Planta de Acabamento;
22. Lixamento;
23. Impregnação;
24. Aplicação de fundo via pistola ou cortina ou pigmentadora;
25. Prensa;
26. Acabamento final;
27. Medição e
28. Estocagem.

 

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627