Como Montar Fábrica de Leite de Soja

PROJETOS PARA FáBRICA DE LEITE DE SOJA
PLANTA BAIXA | ESTUDOS DE VIABILIDADE

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627


 

Como Montar Fábrica de Leite de Soja

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627

Projeto de Fábrica de Leite de Soja


Como Montar Fábrica de Leite de Soja

CLIQUE AQUI para saber mais sobre este Projeto e Planta Baixa

 

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627

 

Para se fabricar o leite de soja é necessário que a fábrica possua os equipamentos para que isso possa ser feito.


Um dos equipamentos que a fábrica necessita é a máquina extratora do leite.


É claro que não é somente esse equipamento, são vários como:

Freezers;
Tanques;
Máquinas embaladoras e
Envazadoras entre tantos outros.
O leite de soja ou produto líquido extraído da soja é ideal para pessoas que não suportam a lactose do leite de vaca.


O valor de custo do leite de soja se torna alto devido ao seu processo de fabricação que é totalmente industrializado.


A bebida é extraída dos grãos de soja e é um alimento nutritivo e rico em vitaminas com a possibilidade de ingestão sem gordura animal que é causadora de alterações de colesterol como é o caso do leite de vaca comum.


Para se fabricar o leite de soja os grãos da soja são demolhados em água e moídos.


Após este processo de moagem dos grãos a massa é cozida para destruir toxinas e filtrado assim formando o conhecido leite de soja.


As fábricas também utilizam do recurso de colocação de sabor.
Que podem ser:

Chocolate;
Baunilha;
Frutas vermelhas;
Morango;
Tangerina;
Manga;
Laranja;
Maçã e outros.
O leite de soja é isento de lactose e gorduras animais.


Muito utilizado na alimentação vegetariana.

Ele é fonte de energia, cálcio e proteínas.


O processo de fabricação passa pela colocação dos grãos de molho para que possa assim inchar e soltar o suco.


Após este processo a soja passa pelo processo de descascamento.


Encaminhada para o equipamento que extrai o suco a soja é triturada e é adicionada a água a massa com agitação para liberação das proteínas.


Neste processo de trituração e maceração da soja a ela é adicionada água quente em temperatura de mais ou menos 95ºC.


Após isso a soja é diluída formando uma substância leitosa. Daí o nome de leite de soja.


Após esse processo o “leite de soja” passa pelo processo de agitação onde a proteína da soja é aproveitada ao máximo.


Encaminhada para a Filtragem e formulação do leite com aquecimento de temperatura para eliminação de microorganismos e após isso passa pelo resfriamento.


O equipamento que realiza esse processo é popularmente chamado de vaca mecânica.


O leite de soja então é encaminhado para uma máquina de embalagem onde é adicionado sabores e aromas.


Essas máquinas e ou equipamentos são automatizadas necessitando de pessoas para operá-las e verificação de possíveis erros ou problemas mecânicos.


Dentro do processo de fabricação então o leite de soja é embalado, encaminhado para o estoque e liberado para a distribuição e transporte do produto ao destino final que é o mercado consumidor.


O resíduo da massa protéica da soja triturada pode ser utilizado também é a popular “carne de soja” que é a proteína da soja utilizada na preparação de pães, biscoitos e outros tantos quitutes.


Portanto são inúmeras as utilidades do resíduo.

Ela é aproveitada integralmente desde os grãos, leite extraído dos grãos e a massa protéica.

Exemplo de Fábrica de Leite de Soja

Tipo de Inspeção - Federal (Ministério da Saúde - MS)

Plataforma de recepção;
Armazenagem dos grãos;
Descascadeira;
Recepção de cascas;
Sala de fabricação;
Sala para recepção do resíduo;
Entrada de funcionários;
Depósito de condimentos, aditivos e ingredientes;
Depósito de embalagens;
Câmaras frias (02 unidades);
Expedição;
Escritório;
Vestiários e
Refeitório

 

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627