Como Montar Fábrica de Tomate Seco

PROJETOS PARA FáBRICA DE TOMATE SECO
PLANTA BAIXA | ESTUDOS DE VIABILIDADE

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627


 

Como Montar Fábrica de Tomate Seco

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627

Projeto de Fábrica de Tomate Seco


Como Montar Fábrica de Tomate Seco

CLIQUE AQUI para saber mais sobre este Projeto e Planta Baixa

 

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627

 

O tomate é o fruto do tomateiro, muito consumido em forma de salada, antepastos, molhos e diversas formas inclusive seco com sabor adocicado associado a muitos pratos da culinária.

É ideal para serem consumidos em associações com saladas, massas, pizzas, carnes e pratos gastronômicos.

Existem tomates de diversos tipos:

• Salada;
• Caqui;
• Grape;
• Cereja;
• Débora;
• Santa Clara;
• Japonês;
• Italiano;
• Tomate Holandês e outros.

Para a confecção do tomate Seco o mais indicado são os tomates:

Italiano;
Santa Clara;
Débora e Tomate Salada.

O tomate é rico em licopeno, substância encontrada em grande parte da fruta.

Essa substância (licopeno) age como antioxidante.

Geralmente é encontrado em frutas de cor vermelha como goiaba, melancia e morango.

A fabricação exige ambiente adequado com recepção de matéria prima, desidratador, tanques para higienização, utensílios e bancadas.

O desidratador é um equipamento de maior importância, pois ele é como um forno que é utilizado para que os tomates atinjam o ponto correto.

Todo o ambiente deve ser elaborado de acordo com o fluxo de pessoas e equipamentos para que possa funcionar organizadamente.

O processo de fabricação consiste em:

1. Seleção dos tomates;
2. Higienização e lavagem;
3. Corte:
4. Preparo com sal e açúcar;
5. Colocação dos tomates não desidratador e ou forno em bandejas;
6. Retirada dos tomates e do líquido que sai com a desidratação;
7. Colocação dos tomates virados do outro lado no desidratador e ou forno;
8. Esfriamento;
9. Colocação dos tomates nos recipientes de vidro ou potes plásticos com azeite, manjericão e outros temperos e
10. Expedição.

Os funcionários devem receber treinamento quanto à manipulação de alimentos e higiene adequada como uso de toucas, luvas, aventais e máscaras.

Toda a fabrica deve ser higienizada periodicamente evitando contaminações com resíduos e falta de cuidados.

O produto poderá ser vendido em:

• Mercados;
• Supermercados;
• Mercearias;
• Padarias;
• Lanchonetes;
• Bares;
• Restaurantes e outros.


Exemplo de Fábrica para Produção de Tomate Seco em Linha Contínua com capacidade para produção de 10.000 quilos por dia.

Tipo de Inspeção - Federal (Ministério da Saúde - MS)

1. Plataforma de recepção;
2. Processamento fase I – maceração;
3. Processamento fase II - spray-dryer;
4. Embalagem;
5. Área para recepção de produtos inaproveitáveis;
6. Depósito de ingredientes;
7. Depósito de embalagens;
8. Depósito de produtos acabados;
9. Entrada de funcionários;
10. Expedição;
11. Escritório;
12. Vestiários e
13. Refeitório.

 

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627