Como Montar Fábrica de Legumes Congelados

PROJETOS PARA FáBRICA DE LEGUMES CONGELADOS
PLANTA BAIXA | ESTUDOS DE VIABILIDADE

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627


 

Como Montar Fábrica de Legumes Congelados

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627

Projeto de Fábrica de Legumes Congelados


Como Montar Fábrica de Legumes Congelados

CLIQUE AQUI para saber mais sobre este Projeto e Planta Baixa

 

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627

 

O ideal para congelar os vegetais é logo após a colheita, isto porque alguns vegetais perdem as suas propriedades a cada dia de armazenamento normal.
Alguns legumes, como a cenoura e a beterraba, não perdem as suas qualidades nutritivas, mas mudam a sua textura.

O congelamento é um dos métodos mais utilizados atualmente para se conservar alimentos.
Pelo congelamento pode-se conservar, por vários meses, alimentos frescos ou pratos já prontos para servir, sem alterar o sabor, textura ou qualidades nutritivas.

Para que o congelamento seja eficaz é necessário que a temperatura dos alimentos caia rapidamente para 5ºC e em 1 hora esteja em -18 ºC. Isto faz com que a água existente no alimento congele em pequenos cristais, o que não esse alimento.

A variação da temperatura no alimento congelado é o que o faz estragar. Se essa temperatura de congelamento fosse constante, o produto poderia ser armazenado por tempo indeterminado em perfeitas condições e com seu valor nutritivo preservado.

A embalagem é fator importantíssimo para a qualidade dos alimentos congelados. Se a embalagem não for adequada, o produto pode sofrer interferência do ar frio e, conseqüentemente, alterações no sabor, textura, etc.

Os vegetais devem seguir alguns fatores para o processo de congelamento:

Devem estar frescos
Devem ter boa qualidade
Devem ser selecionados
Devem estar limpos e higienizados
Deve sofrer branqueamento cada qual conforme tempo necessário
Devem estar enxutos antes da embalagem
Devem ser corretamente armazenados até a expedição

Observação:

O que é branqueamento?

Branqueamento é o processo que consiste em provocar um choque térmico nos alimentos por um curto período de tempo, permitindo a inativação de enzimas que causadoras da deterioração.

Esse processo remove ar do interior do alimento, fixa a cor, o aroma e o sabor, além de reduzir a carga de microrganismos na superfície, aumentando sua vida útil.

O processo consiste em mergulhar os alimentos em água fervente e depois em água gelada. O tempo de tratamento varia de acordo com o produto.

Exemplo de Fábrica de Legumes Congelados com Capacidade de Produção de 3000 kg por dia

1. Recepção de matéria-prima;
2. Estocagem de matéria-prima;
3. Fabricação;
4. Estocagem de produtos acabados;
5. Escritórios;
6. Refeitórios e
7. Vestiários.

 

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627