Como Montar Micro Cervejaria

PROJETOS PARA MICRO CERVEJARIA
PLANTA BAIXA | ESTUDOS DE VIABILIDADE

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627


 

Como Montar Micro Cervejaria

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627

Projeto de Micro Cervejaria


Como Montar Micro Cervejaria

CLIQUE AQUI para saber mais sobre este Projeto e Planta Baixa

 

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627

 

Nas últimas duas décadas temos assistido a mudanças sem precedentes na indústria de cerveja.

O surgimento de cervejarias artesanais e a apreciação dos consumidores por cervejas de qualidade têm resultado no que é muitas vezes chamado de Renascimento dos Profissionais da Cerveja ou Sommeliers de Cerveja.

Hoje, esses profissionais não são utilizados apenas no contexto de grandes cervejarias comerciais ou em indústrias de cervejas produzidas em massa.

O aumento acentuado do número de pubs e microcervejarias e o crescimento do número de produtores artesanais indicam o quão profundamente a produção de cerveja tem caído no gosto popular.

Os ingredientes básicos da cerveja devem ser:

• Água
• Cevada Malteada (Fonte de amido fermentável)
• Lúpulo (Amargor)
• Levedura (Fermento)

Um fluxograma básico de produção compreende:

• Moagem do Malte
• Maceração
• Filtração do mosto
• Fervura do Mosto
• Decantação
• Resfriamento do Mosto
• Fermentação
• Maturação
• Filtração
• Envasamento

Segundo informações do site do MAPA, buscando adequar a legislação aplicada à produção cervejeira, frente aos avanços tecnológicos do setor e às mudanças nas cervejas produzidas bem como promover a igualdade de condições e competitividade do produtor nacional frente aos produtos importados, o MAPA iniciou em 2013 o processo de discussão para revisão dos parâmetros de qualidade atualmente vigentes do Mercosul para a produção de cervejas.

Durante esta revisão foram recebidas sugestões de todo o setor produtivo e estas foram discutidas em assembleias com seus representantes, gerando um processo de ampla participação dos atores envolvidos.

Este processo levou a um frutífero debate sobre possíveis alterações na legislação, como por exemplo:

• Utilização da cevada malteada, ou do trigo malteado ou de cereais malteados e, não só a cevada malteada como ingrediente básico na elaboração da cerveja, como ocorre na regulamentação vigente no Mercosul e no Brasil;

• Possibilidade de manutenção da cevada como ingrediente obrigatório, mas com alteração de seu limite de utilização;

• Utilização de outros ingredientes de amargor (o que possibilitaria o incremento do uso de produtos existentes na região do Mercosul que pudessem substituir o lúpulo);

• Uso de produtos de origem animal ( possibilitaria a produção de cerveja com mel, cerveja com leite e outros tipos de cerveja existentes no mercado internacional);

• Uso de frutas, ervas, vegetais, flores (aptas ao consumo humano) e não só do suco ou de extrato de origem vegetal (possibilitaria a elaboração de diversos estilos de cerveja reconhecidos mundialmente como gruit beers, witbier, etc);

• Envelhecimento da cerveja (possibilitaria a produção de cervejas envelhecidas: aged beers, wood aged beers, gueuze etc).

Exemplo de Micro-Cervejaria com capacidade para 3.000 litros por dia.

Tipo de Inspeção - Federal (Ministério da Agricultura)

1. Recepção matéria-prima;
2. Processamento - fase 1 (seleção, limpeza, secagem);
3. Processamento - fase 2 (malteação, mosturação);
4. Processamento - fase 3 (filtração, maturação) ;
5. Envase ;
6. Depósito produtos acabados ;
7. Depósito ingredientes ;
8. Depósito matéria-prima ;
9. Depósito embalagens ;
10. Higienização de funcionários ;
11. Expedição ;
12. Escritório;
13. Vestiários e
14. Refeitório.

 

ENTRE EM CONTATO

WhatsApp 35.99730.7627